Os efeitos da pandemia foram sentidos em todas as áreas, não apenas no Brasil, mas mundialmente. Porém, indo na contramão, o setor da construção civil foi o segundo menos impactado, ficando atrás apenas do agronegócio e já está reagindo, mostrando números positivos. Até julho, as vendas de imóveis chegaram a crescer 25%, de acordo com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). Um dos principais motivos para isso é que as taxas de juros anuais de crédito imobiliário caíram pela metade nos últimos quatro anos. A diferença é nítida e muito atrativa: de 15,6% em 2016 para 7,6% em 2020.

(mais…)

Leia Mais