Na construção civil brasileira, o uso da alvenaria e de peças cerâmicas para o revestimento ainda é predominante, por isso o que todo profissional da construção precisa conhecer são os traços e as manufaturas de argamassas da construção, afinal elas estão presentes em diversas etapas da obra, desde a vedação através do assentamento da alvenaria, até o acabamento, no assentamento de peças cerâmicas, e rejunte de azulejos e porcelanatos.

Pensando nisso, saiba mais, a seguir, quais são os principais tipos de argamassas presentes no mercado, com as principais características.

Os principais tipos de argamassa

A argamassa é um tipo de cola bem forte que serve para unir diferentes materiais na construção civil. É usada para fazer a ligação entre peças cerâmicas de revestimento ou mesmo entre os blocos da alvenaria – tanto os cerâmicos quanto os de concreto. Além disso, também serve para impermeabilizar algumas superfícies quando usados os aditivos impermeabilizantes certos na composição, e, até mesmo, para nivelar as mesmas. Ou seja, deixe de lado o conceito de que a argamassa serve só para assentar os pisos!

Dentre os diversos tipo de argamassa existentes, há quatro principais opções para funções específicas. São elas:

1. Argamassa de assentamento

A argamassa utilizada para assentamento é o tipo mais conhecido e também o mais utilizado, já que serve para unir tijolos e também blocos de alvenaria. A aplicação é fácil podendo ser feita com o auxílio de uma colher de pedreiro ou até mesmo com uma bisnaga, dependendo da superfície a ser aplicada.

2. Argamassa para pisos

É a massa usada para se aplicar pisos, cerâmicas, ladrilhos, entre outros. É aplicada sobre a superfície do contra-piso fazendo a ligação entre este e a cerâmica ou acabamento aplicado.

argamassa

Foto: Reprodução/Internet

3. Argamassa de revestimento

É aquela aplicada na parede crua e até mesmo em um teto que acabou de ser construído. Tem a finalidade de cobrir, proteger e nivelar as superfícies. Geralmente, são aplicadas três camadas, cada uma com a sua função específica.

  • A primeira, também conhecida como chapisco, serve como base para todo o revestimento. É feita com 1 parte de cimento para 4 partes de areia grossa;
  • A segunda camada é o emboço que tem como objetivo o nivelamento da superfície;
  • A terceira e última camada, conhecida como reboco, serve para dar o acabamento final para o local em que é aplicada. Esta camada é opcional, dependendo do fim desejado.

4. Argamassa impermeabilizante

Outra finalidade para qual a argamassa é utilizada é na impermeabilização de paredes e tetos, protegendo assim esses ambientes da umidade.

 

Diante de diferentes formas de aplicação e opções, conte com a Supercon Concreto para o atendimento ideal, que vai te ajudar a entender em qual material investir e abastecer a sua obra com os insumos da melhor qualidade.

 

Fonte: Construindodecor | Edição: Loyce Policastro/Netshare Marketing Criativo